Descrição

Há dois Dias Gomes: um antes e outro depois de ‘O Pagador de Promessas’. O escritor baiano, não dormiu sobre os louros colhidos com essa peça já clássica. Enveredou para outros caminhos, empenhado, sempre, no debate da realidade brasileira e na valorização de uma linguagem igualmente apegada aos modos de dizer de nossa gente. ‘O Santo Inquérito’ é outra das grandes peças brasileiras ,modernas, por suas intenções artísticas e por suas preocupações sociais. Baseando-se num episódio histórico – ou lendário – como o de Branca Dias – essa vítima da Inquisição em quem alguns historiadores vêem uma espécie de Joana D´Arc cabocla – Dias Gomes afasta, de imediato as fáceis, espetaculares e vistosas pompas que um escritor romântico traria para o palco. O que lhe importa é o conflito entre a pureza da personagem, a sua boa fé, a sua sinceridade, e aqueles que lhe deturpam essa forma de comportamento nesta vendo intentos perigosos à ordem estabelecida e oposição a conceitos que são fundamentais para que nunca sofram abalo instituições ou sistemas de idéias muito confortáveis para quem precisa preservá-las.

Autor: Dias Gomes
Categoria: Artes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *